Tudo o que precisas de saber sobre a inspecção de motociclos

Ainda sem informação oficial, tudo indica que a inspecção de motociclos será mesmo obrigatória. Deve  arrancar em Outubro e custará 12,50 euros mais IVA. Por agora, no entanto, está previsto que apenas os motociclos com mais de 250cc tenham já no próximo mês de Outubro de estar sujeitos a inspecções anuais.

Paulo Areal, presidente da Associação Nacional de Centros de Inspecção Automóvel, cita um estudo da Comissão Europeia que diz que “cerca de 8% dos acidentes de veículos de duas rodas estão relacionados com falhas técnicas”, apesar de o problema principal ter a ver com o condutor em si.

Não menciona sequer que, por exemplo, as vidas que são salvas graças as escapes barulhentos, a grande forma de garantir a nossa segurança com condutores de 4 rodas distraídos a falar ao telemóvel.

Muitos temem que se repita o que aconteceu à cultura Tunning – onde muitas vezes as viaturas foram alteradas para ficarem ainda mais seguras – e que, hoje em dia, estão completamente proibidas de circular nas estradas nacionais.

O QUE SERÁ AVALIADO

Apesar da informação continuar a ser vaga o suficiente, tudo indica que serão quatro os procedimentos a serem avaliados na inspecção de motociclos:

  • Limite de Velocidade
  • Ensaio de travagem do 1º e 2º eixo
  • Identificação do Veículo
  • Luzes

Fica por isso por esclarecer se as modificações que tantos de nós temos feitas aos nossos ferros estarão de acordo com estas regras ou não. Muitos concordam com a necessidade destas medidas de segurança mais são ainda mais os que as acham absurdas.

MANIFESTAÇÃO NACIONAL A 19 de JUNHO

É o caso dos participantes na manifestação agendada para 19 de Junho em Faro, pelas 17 horas. Em simultâneo acontecerão também no Porto e em Lisboa organizadas pelo GAM.

Só recentemente é que a Federação de Motociclismo de Portugal se pronunciou sobre o assunto, mostrando-se a favor das inspecções de motociclos, desde que “devidamente regulamentadas e na prática bem concretizadas”.

CONTRA A LEGISLAÇÃO EUROPEIA?!

De relembrar ainda que a União Europeia, precisamente por falta de fundamentação e consenso a nível do Conselho da Europa, adiou até 2022 qualquer decisão sobre uma Norma Europeia para inspecções às motos. Não fazendo, por isso, sentido Portugal estar a legislar e a regulamentar sobre esta matéria.

O que pensas sobre isto? Diz-nos o que achas nos comentários em baixo e dia 19, aparece!

Outros também leram

25 thoughts on “Tudo o que precisas de saber sobre a inspecção de motociclos

  • 30 Maio, 2016 at 4:58 pm
    Permalink

    a verdadeira palhaçada!!! eles querem tira-nos o Conforto que ainda nos resta!!!

    Reply
  • 30 Maio, 2016 at 5:53 pm
    Permalink

    Como não gosto de sustentar ainda mais pançudos já decidi deixar de ter mota quando a minha chegar à idade de fazer inspeção, assim será melhor ainda porque deixarei também de pagar os mais de 120 euros de selo. Farto deste país que quer sempre ser o primeiro no que toca a obrigações dos cidadãos e o último nas obrigações do estado, não vou portanto chegar sequer a 2022 com mota. os senhores politicos para ajudar os amigos das inspeções com 12,5 euros +iva vão deixar de receber os meus atuais 122.

    Reply
    • 30 Maio, 2016 at 5:56 pm
      Permalink

      Gostava de que todos os portugueses fizessem o mesmo pelo menos por 5 anos, acho que seria a melhor maneira de mostrar o desagrado e dar prejuízo a quem nos quer ir aos bolsos de todas as maneiras.

      Reply
  • 30 Maio, 2016 at 6:21 pm
    Permalink

    Tenho uma HD, está toda com as normas de segurança em termos de travões, espelhos, farois e Matricula. As panelas é que não. As Harleys têm uma caracteristica muito vulgar, o barulho. A inspeção aos decibeis para uma obra de arte destas seria uma grande injustiça. Sobre segurança estou de acordo.

    Reply
  • 30 Maio, 2016 at 8:22 pm
    Permalink

    Larápios!! Querem lá eles saber da nossa segurança, querem é roubar mais!! A minha vai andar SEM inspeção quero lá saber!

    Reply
  • 30 Maio, 2016 at 8:44 pm
    Permalink

    “Muitos temem que se repita o que aconteceu à cultura Tunning – onde muitas vezes as viaturas foram alteradas para ficarem ainda mais seguras – e que, hoje em dia, estão completamente proibidas de circular nas estradas nacionais.”

    MAS NEM TENHAM DÚVIDAS QUE É ISTO QUE QUEREM FAZER!!

    Reply
  • 30 Maio, 2016 at 8:50 pm
    Permalink

    2022 e mais nada

    Reply
  • 30 Maio, 2016 at 9:57 pm
    Permalink

    Logo que não venham implicar nem inventar homologações para piscas espelhos manetes etc e não impliquem com o fato de ter um escape diferente do de origem…. Mas sou contra e ainda mais contra serem só para motos acima de 250cc ou é para todos ou não é! !!!

    Reply
  • 30 Maio, 2016 at 10:07 pm
    Permalink

    Isto tudo é apenas para engordar alguns bolsos, estão pura e simplesmente a borrifar-se para as questões de segurança pois se assim fosse começavam a ver o estado das estradas, juntas de dilatação escorregadias, etc. Vou aguardar para ver se me surpreendem pela positiva.

    Reply
  • 30 Maio, 2016 at 10:08 pm
    Permalink

    Onde se vê mais invenções que podem por em risco a segurança dos equipamentos e das pessoas é precisamente no segmento que fica isento, menos de 250, só isto para mim é mesmo uma tanga num país de tanga, enfim é como as cartas por pontos, alguém vai beneficiar com isto, mas acreditem que não vai ser o vulgar cidadão.

    Reply
  • 30 Maio, 2016 at 10:15 pm
    Permalink

    Nesta coisa k chamam de país…….não se pode ter nada, nada que nos agrade e nos dei-a prazer porque se temos algo, temos k pagar um imposto para esse algo e so podemos usar essa “coisa” k nos dá prazer se fizermos o que “alguém” acha k devamos fazer…………

    Só me apetece vender tudo e partir…..ffds

    Reply
  • 30 Maio, 2016 at 10:41 pm
    Permalink

    Nós somos os paus mandados da União Europeia! As leis impostas pela União Europeia, para muitos países são os últimos a tomar medidas mas nós andamos sempre à frente ( camisola amarela), somos os melhores em tudo tomar medidas é connosco! Quando devemos reivindicar não o fazemos como deve ser! A nossa política é por um cravo no 25 Abril e viva a Liberdade! Ex. O combustível em França está para aumentar e eles tentam parelizar o país inteiro com falta de combustível nos postos… Temos que dizer Basta!! Para sermos iguais aos outros paises o nosso Governo Portugues que ponham os ordenados, combustíveis, telecomunicações e energia igual aos principais países da União Europeia. Certamente a população podia entender melhor estas medidas! Pobres alguns… A classe política nunca… Senhores da Política tentam viver com 500 Euros por Mês… Na semana passada fui a França e atravessei a Espanha todo em estrada nacional com duas vias para cada lado e pareceu me que estava em Portugal!!! Comecei logo a fazer contas… Tenho pena que está acção esteja a ser desenvolvida Porto Lisboa e Algarve e porque não uma acção também no Interior! Estou com vocês motard sempre!

    Reply
  • 30 Maio, 2016 at 10:56 pm
    Permalink

    Eu nao levo nenhuma das minhas motos á inspeçap. Vou guarda.las na garagem.
    Visto o seguro meter.se de parte em caso de acidente e sem iuc tb vou cancelar o seguro. Com geitinho cancelo tb a matricula. Nao pago seguro nem iuc nem ipo… quando eles levantarem o braço até logo… é a isso que o pais obriga assim será.
    Ate hoje tudo legal. No dia que sair as inspeçoes passo andar ilegal.
    Se ninguem levar as motos á inspeçao eles nao as vêm buscar a casa…

    Reply
  • 30 Maio, 2016 at 11:29 pm
    Permalink

    é uma vergonha o estado já não sabe aonde ir sacar mais dinheiro um dia destes ainda as bicicletas fazem inspecção o que será que vão inventar mais para sacarem dinheiro

    Reply
  • 31 Maio, 2016 at 12:06 am
    Permalink

    NESTE PAIS DE MERDA E SO LADROES AS INSPEÇOES E UMA GATUNAGEM E SO PARA ROUBAR DINHEIRO AS PESSOAS CONHEÇO AMIGOS MECANICOS E OUTROS COM STANDS VAO AS INSPEÇOES COM OS CARROS TODOS MARADOS ATE VIDROS RACHADOS MAS COMO SAO AMIGOS DOS SUPOSTOS ENGENHEIROS E BEBEM UNS COPOS PASSA TODA A MERDA E NINGUEM SE IMPORTA A EMPRESAS COM CAMIOES QUE NEM LA VAO DAO OS DADOS DOS VEICULOS E MANDAM OS SELOS TODOS PARA A EMPRESA CLARO QUE DEPOIS NO NATAL HA SEMPRE AQUELE PORQUINHO DE OFERTA JA SE SABE COMO E ESTE PAIS ONDE O ESTADO E OS POLITICOS E BANQUEIROS SAO OS MAIORES LADROES COMO E QUE OS OUTROS NAO AO-DE SER ISTO E TUDO UMA CAMBADA DE GATUNOS PAIS DE MERDA ESTAMOS ENTREGUES AOS BICHOS

    Reply
  • 31 Maio, 2016 at 1:36 am
    Permalink

    Concordo plenamente com tudo o que aqui foi dito!! Realmente isto é revoltante e não consigo entender aonde estes palhaços que se dizem políticos, querem chegar com tudo isto… Se esses montes de merda tivessem um ordenado de 500 euros eu adoraria saber o que eles fariam da vidinha deles!!! Cambada de chulos sem vergonha é o que eles são… Pessoal aqui só há uma forma de dar a volta ao texto!!! Eu simplesmente era a favor de uma organização do género da ETA para mandar esses palhaços para o outro mundo, era matar esses gajos sem dó e nem piedade… Quando eles vissem o caso mal parado, garanto-vos que isto mudava logo da noite para o dia e era para melhor… Andam esses miseráveis de merda com tanta moral preocupados com a merda das inspecções e não teem olhos na cara para ver a estradas que nós temos de Norte a Sul do País que são uma vergonha Nacional que infelizmente são a causa de tantos acidentes!!! O mais incrível é que nem o Diabo se lembra das putas destas manhas em que estes palhaços de merda andam a engendrar para nos roubar o pouco que temos… Enfim sem comentários!!!

    Reply
  • 31 Maio, 2016 at 9:01 am
    Permalink

    É só mais um imposto, nada mais que isso. Olhem para a segurança rodoviária que tantos acidentes provoca. Dou como um pequeno exemplo, passem todos os dias pela Avenida Ribeira das Naus ou as maravilhosas passadeiras “brancas” da Praça do Comércio, já para não referir os maravilhosos prumos metálicos ou de cimento. Tenham juízo. Uma casa começa a ser construída pelas fundações, não pelo telhado!

    Reply
  • 31 Maio, 2016 at 9:12 am
    Permalink

    tou de acordo que estas inspecao sejao feitas pois a veiculos que quando sao alterados deixao de ter a seguranca se as alteracoes sejao feitas por proficionais e uma coisa mas quando se faz em casa maneira hobby quando se anda na estrada a seguranca nao e so nossa a terceiros que podemos magoar e marcar para o resto da vida que as inspecoes sejao feitas e bem a fundo

    Reply
  • 31 Maio, 2016 at 10:55 am
    Permalink

    Boas ppl das bikes,
    Decididamente estamos num país a saque … um dia destes, só vais poder dar uma cagadela, uma vez por dia. Mais que isso, tens que levar o cú à inspeção.
    Eu gostava de saber se todas as embarcações de luxo e não só, ancoradas no rio douro ou na marina de gaia, têm inspecção em dia? Naaaaa …. são os intocáveis!!

    Reply
  • 31 Maio, 2016 at 11:07 am
    Permalink

    isto é uma situação desnecessária, e o que muito me revolta é ainda haver que a defenda, é ÓBVIO que é apenas uma desculpa para nos ROUBAR ,vinda de quem acha que ainda é pouco aquilo que tira do bolso de cada um,….eu tenho uma moto transformada à cerca de 21 anos, sempre fiz viagens com ela por vários países sem nunca ter tido o menor problema , sempre paguei seguro, imposto de circulação,(selo) (quando assim o era),já apareceu em televisão (novela doce fugitiva) tenho muito prazer em ser dono de uma obra de arte sobre rodas, onde gastei milhares de euros, para ter algo unico, eagora tenho de a transformar novamente , mas desta vez vai ser num (poleiro para galinhas) porque apareceu alguém com uma ideia milionária,e com poder para a pôr em práctica, criando ainda mais dificuldades a quem tenta ter as suas coisas ,mesmo quando já luta para as ter devido ao custo de vida crescente que nos abrange . por favor ,deixem que o mercado cresça,permitindo a transformação a veículos .e não se desculpem com a verificação da segurança porque ninguém modifica nenhum veículo para que este fique pior

    Reply
  • 2 Junho, 2016 at 12:31 am
    Permalink

    O palhaço que teve esta ideia fantástica e mirabolante de por em prática as vistorias, havia de ser passado a ferro por um camião TIR… Que eu mesmo dava-me ao trabalho de lhe levar um raminho de flores e ainda cagava e mijava-lhe encima da campa!! Realmente é vergonhoso o que andam a fazer…

    Reply
  • 2 Junho, 2016 at 11:06 pm
    Permalink

    Em tudo o resto andamos a reboque da União, e só nisto temos que andar á frente? Alguém quer fazer um grande favor a alguém!

    Reply
  • 4 Junho, 2016 at 10:10 pm
    Permalink

    Antes de mais sou apologista e a favor das inspeções…
    Porém, sou ainda mais a favor de haver um parâmetro máximo de se poder alterar um veículo, seja auto ou moto.
    Haver depois uma inspeção à dita viatura, e se estiver dentro do dito parâmetro, ser legalizada a documentação para a mesma poder circular legalmente na via pública.
    O estado só teria a ganhar com isso, pois ia haver mais consumo de materiais e peças (fosse para mero tuning ou melhoria de segurança), e inspeções para legalização.
    Ou seja, legalização = mais € em iva das peças e inspeções para legalização!
    Mas não, preferem punir algo “ilegal” do qual também se paga iva…

    Reply
  • 10 Maio, 2017 at 11:56 am
    Permalink

    Concordo com a isenção das inspeções tal como decidido na Uniao Europeia

    Reply

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *